Horário de atendimento
Manhã: 8hs às 11h30min - Tarde: 13h30min às 17h30min
Publicado em 31 de março de 2017.

Reestruturação administrativa marca início da Gestão 2017/2020

- Medidas adotadas tem o objetivo de melhorar os serviços prestados pela Prefeitura de Três Passos -

            Há 3 meses frente à Prefeitura Municipal de Três Passos, a gestão 2017/ 2020 liderada pelo prefeito Municipal José Carlos Amaral e pelo vice-prefeito Jorge Dickel, tem trabalhado no processo de reestruturação administrativa.

            A aposta em uma gestão moderna, inovadora e transparente, que ofereça serviços de qualidade, atendendo de forma eficiente as demandas da população e vislumbrando o desenvolvimento do município, tem gerado uma série de mudanças na administração pública.

            O prefeito José Carlos vem, desde o seu mandato anterior, focando na gestão administrativa, trabalhando essencialmente na reorganização da estrutura do quadro técnico municipal, organização das contas municipais no que se refere às despesas conscientes e otimização dos recursos, além de investir em ações voltadas a arrecadação municipal, como Nota Fiscal Eletrônica, treinamento de profissionais, realização de blitz de trânsito de mercadorias e educação fiscal.

            “A partir desta gestão, o foco é a profissionalização do setor público, com o olhar voltado para o que o Município precisa. Para isso, organizamos equipes com funções bem definidas, para gerar processos eficientes de trabalho, tendo como meta o cumprimento efetivo das tarefas”, destacou o gestor público.

            Todas as ações da Administração Pública de Três Passos estão embasadas pelo Programa de Governo das Eleições Municipais de outubro, que após ter sido analisado, complementado e adaptado, foi transformado no Planejamento Estratégico de Governo.

* Readequação de cargos e subsídios

            Já no ano passado, o prefeito José Carlos encaminhou o Projeto de Lei nº 067/2016, o qual alterou a Lei nº4427/2010, implementando a nova estrutura administrativa, especificamente na definição do quadro de Cargos em Comissão (CCs) e Funções Gratificadas (FGs), bem como, a tabela de valores de vencimentos e gratificações.

            A partir dessa Lei, setores e divisões foram realocados propiciando sobretudo, a otimização das atividades executadas, e além disso, ocorreu a redução nos salários dos CCs e FGs gerando economia.

            O prefeito também congelou o seu próprio salário, do vice-prefeito e secretários, para garantir reposição salarial para o funcionalismo público de 5,44% conforme inflação e para o magistério de 7,49% cumprindo o piso nacional para a categoria.

             “Estamos cientes da crise que o país está vivenciando e o nosso município também sofre com isso e apesar das medidas adotadas de contenção de despesa, é importante tomar outras atitudes para garantir os pagamentos em dia, manter os investimentos por toda a cidade, preservando assim o interesse público”, afirmou o prefeito.

*Padronização e profissionalização no atendimento

            Para alcançar o objetivo de padronizar e profissionalizar o atendimento aos munícipes, a Administração Municipal inseriu o sistema de controle de ponto dos servidores pelo modo eletrônico, e além disso, adotou o uso de crachás para todos os funcionários.

            “Os setores da administração possuem um elevado número de servidores e a responsabilidade fiscal é grande, tendo em vista que estamos lidando com recursos públicos, o que justifica um rigoroso controle”, declarou o prefeito.

            O uso de crachás pelos servidores permite aos usuários dos serviços públicos identificar o servidor e estabelecer uma relação mais próxima.

*Aposta na Ouvidoria Municipal

            A Administração Municipal criou a Ouvidoria Municipal que é mais uma ferramenta de participação da comunidade na gestão pública. Um serviço que vai ouvir sugestões, dúvidas, elogios, reclamações e críticas, procurando qualificar a prestação dos serviços e do atendimento.

            O canal vai de encontro à Lei de Acesso a Informação e da solicitação de órgãos de fiscalização como o Tribunal de Contas do Estado (TCE). Inclusive, um projeto de Lei está em elaboração para instituir oficialmente a Ouvidoria no Município.      

            “A criação da Ouvidoria vai de encontro ao nosso objetivo de inovar a gestão pública, para isso, precisávamos ter um canal direto com a população para receber elogios, solicitações, sugestões, reclamações e denúncias sobre os serviços públicos municipais e atos que contrariem o interesse público, e sempre a bem do interesse comum”, finalizou o prefeito.

            A Ouvidoria já possui um local específico de atendimento junto à Secretaria Municipal de Indústria e Comércio. O cidadão também contatar através do telefone ou Wathsapp (55) 999 790 444. O canal pode ser contatado através do site do município www.trespassos-rs.com.br ou do e-mail: ouvidoria@trespassos-rs.com.br.

            A Ouvidoria é vinculada diretamente ao gabinete do prefeito, e através de um projeto de Lei, que está em elaboração, será instituída oficialmente no Município.


nota fiscal gaúcha
saude não tem preço
farmacia popular
servidores1
manual acesso servidores acesso servidores
telefones

acesso informação

ouvidoria
contribuicao melhoria

fiscalizacao

avalia
leis municipais
parcerias voluntrias

oramento impositivo


gestometro


portal meio ambiente

conselhos municipais

rede proteção contra violência


brasão município
Prefeitura Municipal de Três Passos/RS - CNPJ 87.613.188/0001-21
Av. Santos Dumont, 75 - CEP 98600-000 - Telefone:(55)3522-0400
Contato responsável pelo site:
e-mail: planejamento.trespassos@gmail.com | telefone: (55)3522-0400
Contato responsável pelas notícias:
Elenara de Oliveira, Jornalista Reg. nº17796 - Assessora de Comunicação da Prefeitura de Três Passos
e-mail: assimprensa3p@gmail.com
Contato responsável pela criação e manutenção do site: Lucas Neckel
e-mail: lucas.neckel@trespassos-rs.com.br | (55)3522-0400